Em vídeo, mãe confessa que matou filho de 2 anos queimado em fogueira, em Piranhas, Go.

Adriana Coutrim Moreira, confessou em vídeo gravado pela Polícia Civil de   Piranhas, na última quinta – feira, (29), que matou seu filho de apenas 2 anos. A acusada disse que o motivo do crime foi pelo fato de Alexandre Coutrim Rodrigues, ser parecido com o pai, ex- marido de Adriana, e também porque a criança estava chorando muito, e isso a deixou irritada.

“Eu estava muito chateada e nervosa, porque não tenho parentes em volta e não saio para lugar nenhum, só ficava lá fazendo as coisas e ele [Alexandre] estava chorando muito em cima de mim. Aí fiquei nervosa e fiz isso”, afirmou Adriana.

O caso aconteceu no domingo (25), na fazenda onde a criança morava com a mãe, e acusada do crime, dois irmãos e o atual companheiro de Adriana, que segundo a Polícia não é suspeito de participação no crime.

Questionada de como foram os detalhes, a mulher disse chorando, que queimou o filho vivo.

“Juntei lixo e galhos de maracujá e coloquei fogo. Joguei ele lá na fogueira e joguei álcool nele. Ele tentou sair, mas eu segurei ele com um pedaço de madeira”, disse a mulher. A suspeita de (29) anos, encerra a confissão alegando que não tem mais nada a declarar e pedindo para que seja encerrada a gravação.

23 thoughts on “Em vídeo, mãe confessa que matou filho de 2 anos queimado em fogueira, em Piranhas, Go.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close