TJ-GO COMEÇA FORÇA-TAREFA PARA JULGAR CASOS DE PRESOS PROVISÓRIOS QUE ESTÃO HÁ MAIS DE 180 DIAS ENCARCERADOS

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) começa, nesta segunda- feira (2), uma força-tarefa para apreciar e julgar processos de presos provisórios que estão em regime fechado há mais de 180 dias. De acordo com
dados do Banco Nacional de Monitoramento das Prisões (BNMP), dos mais de 7 mil presos provisórios, 1.866 estão encarcerados há mais de seis meses.

A ação faz parte da solicitação feita pela presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Cármen Lúcia. Conforme dados do BNMP, o total de presos em Goiás é de 18.364,
sendo que 7.010 estão presos provisoriamente. Segundo o TJ-GO, 6,8 mil detentos provisórios estão com processos ainda em primeiro grau, e os outros 205, em segundo grau. Este mutirão ocorre, simultaneamente, em Goiás, Roraima e Sergipe. Conforme o tribunal, os três estados serão os primeiros a começar a iniciativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close