MP de Goiás pede apreensão de contas do Estado

O promotor de justiça Fernando Krebs, titular da 57ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público protocolou no final da tarde de ontem, 27, uma Ação Civil pública, com pedido de tutela de urgência em face do estado de Goiás, requerendo à justiça o imediato sequestro de todas as contas do estado até o limite de R$ 1,67 bilhões, visando garantir o pagamento do salário dos servidores estaduais, referente a dezembro de 2018 e ao remanescente da folha de novembro, no que tange a consignados e impostos retidos.

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado, comentou que o atual governo de José Eliton está deixando o caixa do Estado com uma indisponibilidade financeira na ordem de R$ 3,6 bilhões. Destes, R$ 1, 68 bilhões seriam referentes à folha de pagamento.

Após informações disponibilizadas nos meios de comunicação do Estado, onde informa que o governo não possui dinheiro em caixa para pagamento dos salários, Krebs comentou que a medida tomada pelo Ministério Público se impõe, haja vista a conduta inadmissível do atual governo, que coloca em risco a continuidade da prestação de serviços essenciais, principalmente para a parcela menos favorecida da população, como é o caso da saúde e segurança pública.

“A conduta do atual governo é absolutamente vedada pelo nosso ordenamento pátrio, o qual estabelece uma data limite para a quitação da folha de pagamento dos servidores públicos, bem como considera esses valores como verba alimentar, portanto, merecedora de tratamento prioritário, inclusive em detrimento da realização de outras despesas públicas”, ensina Krebs.

Fonte: O Opinando/ Adaptado por TV Metrópole

Foto: Reprodução

2 thoughts on “MP de Goiás pede apreensão de contas do Estado

  1. I was curious if you ever considered changing the layout
    of your site? Its very well written; I love what youve got to say.
    But maybe you could a little more in the way of content so people could connect with it better.
    Youve got an awful lot of text for only having 1 or two
    images. Maybe you could space it out better?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Close