BRASIL

Bolsonaro rebate críticas ao decreto da posse de armas

Bolsonaro rebate críticas ao decreto da posse de armas

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (17), em sua conta no Twitter, que “muitas falácias” estão sendo usadas “a respeito da posse de armas”. Ele assinou decreto que flexibiliza a posse de armas de fogo no país na terça-feira (15), em cerimônia no Palácio do Planalto.

“Muitas falácias sendo usadas a respeito da posse de armas. A pior delas conclui que a iniciativa não resolve o problema da segurança pública. Ignorando o principal propósito, que é “iniciar ” o processo de assegurar o direito inviolável à legítima defesa”, escreveu.

De acordo com Bolsonaro, medidas para segurança pública ainda serão tomadas e propostas. “Para a infelicidade dos que torcem contra, medidas eficientes para segurança pública ainda serão tomadas e propostas. Os problemas são profundos, principalmente pelo abandono dos governos anteriores. Mal dá pra resolver tudo em 4 anos, quem dirá em 15 dias de governo”, afirmou na rede social.

Critérios

Segundo o decreto, cidadãos brasileiros com mais de 25 anos poderão comprar até quatro armas de fogo para guardar em casa e deverão preencher uma série de requisitos, como passar por avaliação psicológica e não ter antecedentes criminais. O que muda com o novo decreto é que não há necessidade de uma justificativa para a posse da arma. Antes esse item era avaliado e ficava a cargo de um delegado da Polícia Federal, que poderia aceitar, ou não, o argumento.

Além de militares e agentes públicos da área de segurança, ativos e inativos, poderão adquirir armas de fogo os moradores de áreas rural e urbana com índices de mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes, conforme dados do Atlas da Violência 2018, produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Donos e responsáveis por estabelecimentos comerciais ou industriais também poderão adquirir o armamento, assim como colecionadores de armas, atiradores e caçadores, devidamente registrados no Comando do Exército.

Fonte: Agência Brasil/ Adaptado por TV Metrópole News

Foto: reprodução

 

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BRASIL

Mais em BRASIL

Prefeito decreta estado de emergência em Coronel João Sá na Bahia.

Ygor Samuel12 de julho de 2019

PRF apreende carregamento de 4 toneladas de maconha no Rio

Ygor Samuel12 de julho de 2019

Leilão de ativos da Avianca acontece sob disputa judicial

Ygor Samuel10 de julho de 2019

Justiça determina inclusão de moradores de rua no censo de 2020

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

Bolsonaro anuncia pelas redes sociais o fim de contrato internacional

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

Ação popular pede suspensão imediata do decreto sobre armas de fogo de Bolsonaro

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

Ator Caio Junqueira morre aos 42 anos

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

As inscrições para o Sisu começam amanhã, 22

Suzana Ferreira21 de janeiro de 2019

Fenômeno, ‘Jenifer’ domina as paradas e abre disputa pelo hit do verão

Suzana Ferreira18 de janeiro de 2019
Rede Metrópole de Comunicação
Rua T55 esq. rua 9
Qd.: G21 Lt.: 01
CEP: 74150-320
Fone: (62) 3215-9670
Email: [email protected]

Copyright © 2019 Metropole News - Hosting by Uaimacks Tecnologia