BRASIL

Ator Caio Junqueira morre aos 42 anos

Ator Caio Junqueira morre aos 42 anos

O ator Caio Junqueira morreu nesta quarta-feira no Rio. O intérprete do policial Neto do filme “Tropa de elite” (2007) estava internado no Hospital Miguel Couto. A Secretaria de Saúde do Rio confirmou a morte. Com duas fraturas expostas, seria operado hoje, mas os médicos decidiram esperar um pouco.

Na quarta-feira passada, dia 16, Caio dirigia sozinho pelo Aterro do Flamengo, em direção ao Centro da cidade, quando perdeu o controle do carro, que subiu o meio-fio, bateu numa árvore e capotou. Imagens de câmeras da prefeitura registraram o momento do grave acidente. No vídeo, o carro, aparentemente em alta velocidade, cruza a pista da direita para a esquerda, até subir o meio-fio.

Caio Junqueira tem uma extensa lista de trabalhos no cinema e na televisão. Na telona, destacou-se como o policial Neto, o aspirante 06, em Tropa de Elite (2007). Na Record TV, integrou o elenco das novelas Escrava Isaura (2004), Ribeirão do Tempo (2010), José do Egito (2013), Milagres de Jesus (2014). Na TV Globo, participou dos folhetins O Clone (2001), O Quinto dos Infernos (2002), Paraíso Tropical (2007). O trabalho mais recente de Caio Junqueira foi na série O Mecanismo, da Netflix, de 2018.

Fonte: Mais Goiás/ Adaptado por TV Metrópole News

Foto: reprodução

Clique para adicionar um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

BRASIL

Mais em BRASIL

Justiça determina inclusão de moradores de rua no censo de 2020

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

Bolsonaro anuncia pelas redes sociais o fim de contrato internacional

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

Ação popular pede suspensão imediata do decreto sobre armas de fogo de Bolsonaro

Suzana Ferreira23 de janeiro de 2019

As inscrições para o Sisu começam amanhã, 22

Suzana Ferreira21 de janeiro de 2019

Fenômeno, ‘Jenifer’ domina as paradas e abre disputa pelo hit do verão

Suzana Ferreira18 de janeiro de 2019

Em memorando, PF orienta delegados sobre procedimento para pedidos de posse de armas

Suzana Ferreira18 de janeiro de 2019

Rio: Capital Mundial da Arquitetura

Suzana Ferreira18 de janeiro de 2019

Alunos pobres tem apenas 0,16% de chances de estar entre as melhores notas do Enem

Suzana Ferreira18 de janeiro de 2019

Bolsonaro rebate críticas ao decreto da posse de armas

Suzana Ferreira18 de janeiro de 2019