Carreata pede reabertura do comércio em Goiânia.

Uma manifestação organizada por entidades como o Sindicato de Bares e Restaurantes de Goiânia (Sindibares), Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro (Sechseg) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Goiás (Abrasel-GO) promove na manhã desta quinta-feira (28) uma carreata com buzinaço a partir do estádio Serra Dourada, passando pelo Paço Municipal e indo até a Praça Cívica.

Os participantes pedem a reabertura do comércio na capital, seguindo protocolos de segurança para evitar a disseminação do novo coronavírus. Segundo o presidente da Abrasel-GO, Fernando Jorge, “a manifestação é pedido de todos os associados e funcionários que estão parados há mais de 70 dias”. Ele também citou o cenário dramático do setor de bares e restaurantes, que já teria demitido 12 mil pessoas. “A partir de segunda-feira, mais de 3 mil empresas vão fechar, só de bares e restaurantes”, disse.

Fernando Jorge alerta ainda que, caso não haja flexibilização, o número de demitidos por bares e restaurantes da capital pode chegar a 24 mil nos próximos dias, com a expiração do prazo da MP do governo federal que banca contratos durante dois meses.

Close