Isolamento contra o Covid-19 não é adotado por 28% dos brasileiros.

Perto de completar um mês, o isolamento social estabelecido como principal estratégia para o combate ao novo coronavírus em diversos estados não faz parte da rotina de uma parcela expressiva da população brasileira. Não seguem total ou parcialmente a orientação de ficar em casa 28% das pessoas entrevistadas pelo Datafolha, em pesquisa realizada entre os dias 1 e 3 de abril.

Foram consultados 1.511 brasileiros adultos em todas as regiões do país.Desta vez, o levantamento foi feito por telefone, em razão da pandemia. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O resultado mostra que 24% dos entrevistados dizem que estão tomando cuidado em razão da pandemia, mas seguem saindo de casa para trabalhar ou realizar outras atividades.


Outros 4% afirmam que não houve nenhuma mudança na rotina, e que seguem vivendo como antes da crise. Não é possível saber quantos desses trabalhadores desempenham atividades essenciais, em setores como alimentação, saúde e segurança, por exemplo, que precisam sair para trabalhar.

Ignorar o isolamento sem necessidade contraria a orientação da maioria dos especialistas e as diretrizes do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Close